30 setembro 2010

FERNANDO PESSOA NO MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA

Sem palavras!

Imagem: Museu da Língua Portuguesa



-------------

REVISTA DIGITAL - LABORATÓRIO DE ARTES VISUAIS

A versão atual da Revista Digital do Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Maria/RS está disponível para download aqui.

A nova edição abriu chamada para envio de trabalhos. Seguem as normas.
O recebimento de trabalhos para esta edição será até dia 31 de OUTUBRO 2010 e os trabalhos recebidos depois desta data, se selecionados, serão automaticamente classificados para o número seguinte.

Editora Responsável:
Profª Dra. Marilda Oliveira de Oliveira

NORMAS DE PUBLICAÇÃO
I - A Revista Digital do LAV é uma publicação digital semestral, independente, destinada à divulgação científica de pesquisas na área da Educação em Artes Visuais, Cultura Visual, Poéticas Visuais, e História, Teoria e Crítica das Artes Visuais. O objetivo principal é publicar trabalhos inéditos que possam contribuir com o debate acerca de temas voltados para as questões das Artes Visuais, seja na área da Educação e Artes Visuais, da Cultura Visual, das Poéticas Visuais, ou no campo da História, Teoria e Crítica. O Conselho Editorial da Revista está formado por profissionais de formação e atuação comprovadas nas áreas a que se dispõe a colaborar.

CATEGORIAS
II – A Revista Digital do LAV aceitará trabalhos para publicação nas seguintes categorias:

Artigo Científico de Pesquisadores: Entendido como o relato completo ou parcial de um trabalho experimental e baseado na premissa de que os resultados são obtidos posteriormente a um planejamento da pesquisa. Mínimo de 10 e máximo de 25 páginas.

Resenhas: Deverá conter todos os dados da obra (Editora, ano de publicação, cidade e número de páginas). Mínimo de 3 e máximo de 5 páginas. Acompanhar imagem da capa da obra.
OBS: Os trabalhos devem respeitar as especificidades e o número de páginas exigido em cada categoria (incluindo imagens e bibliografia), com a seguinte formatação:

FORMATAÇÃO
• Tamanho do papel: A4;
• Corpo do texto: Verdana, tamanho 10;
• Espaçamento: Entre linhas de 1,5;
• Margens do texto: 2,5 cm (direita, esquerda, inferior, superior) SEM afastamento de parágrafo;
• Notas de rodapé: Verdana, tamanho 8, inseridas na PÁGINA AONDE SÃO REFERENCIADAS. As notas de rodapé somente devem ser usadas para esclarecimento ou ampliar conceitos, as referências de autores devem ser incorporadas no corpo do texto. Ex.: (SILVA, 2005, p.31)
• Imagens: Devem ser centralizadas, com legendas numeradas no modelo "Figura.01" em Verdana, negrito, tamanho 10, também centralizadas, abaixo de cada imagem. Não deve haver listas de imagens. As ilustrações devem ser de boa qualidade. OBS: No envio do trabalho por e-mail as imagens devem ser inseridas no texto EM BAIXA RESOLUÇÃO (.jpg, 75 dpi). Tabelas e gráficos: Devem ser centralizados, com borda de 1 pt, com legendas numeradas no modelo "Tabela.01" ou "Gráfico.01 ", em Verdana, tamanho 10, também centralizadas, ACIMA de cada tabela/gráfico. Não deve haver listas de tabelas e/ou gráficos.
• Referências: Devem apresentar a mesma formatação do corpo do texto, ao final, de acordo com as normas da ABNT. Devem constar nas referências, somente as obras citadas no corpo do texto;
• Todo artigo deve apresentar título (centralizado em minúsculas) SEM IDENTIFICAÇÃO DE AUTOR (AUTORES). Serão publicados artigos nos idiomas: português e espanho.
• Todo artigo deve apresentar Resumo e palavras-chave (de 3 a 5) seguido de um Abstract e Key-words (de 3 a 5).

IMPORTANTE: Caso as NORMAS não sejam seguidas, os trabalhos NÃO SERÃO considerados inscritos.

• Capa de Identificação: Todo trabalho deverá vir acompanhado de uma capa de identificação em arquivo SEPARADO, independente do texto. Onde constarão os seguintes dados:

Título do trabalho:
Nome(s) do(s) autor (es):
Míni-currículo do (s) autor (es):
*Não há limite quanto ao número de autores
*Utilize no máximo 5 linhas para cada mini-currículo
Histórico da Pesquisa:
Vinculação Institucional:
Endereço (físico) de correspondência:
e-mail:
Categoria do Trabalho (artigo ou resenha):
• Somente serão aceitos trabalhos enviados por e-mail (gepaec@gmail.com);

OBS: Cabe ao autor as devidas autorizações de uso de imagens/fotografias com direito autoral protegido, devendo estas ser encaminhadas, quando necessário, junto com o trabalho, para a avaliação. Também é do autor, a responsabilidade jurídica sobre uso indevido de imagens/fotografias.

A Revista Digital do LAV não remunera direitos autorais, nem remete de volta as colaborações recebidas. Porém a coordenação da Revista Digital do LAV compromete-se a dar respostas por escrito (e-mail) à TODAS AS PROPOSTAS de publicação dos trabalhos recebidos. Em caso de recusa, as razões serão comunicadas via pareceres do Conselho Editorial, não identificado.

Todos os textos serão avaliados pelo Conselho Editorial, que dará o parecer final sobre a aprovação para publicação, ou não. Cada artigo será submetido à avaliação de 2 (dois) pareceristas, prevalecendo a recomendação majoritária. Se o artigo for aceito o editor entrará em contato com o(s) autor(es) para os encaminhamentos pertinentes.

Caso o número de trabalhos enviados para uma edição ultrapasse o número máximo de artigos para uma publicação, o restante será arquivado e publicado nas edições posteriores. A seleção será feita pelos editores.

Conceitos e idéias contidos nos trabalhos serão de exclusiva e total responsabilidade de seus autores.

Os membros do Conselho Editorial também podem submeter artigos para publicação. Estes passarão pelos mesmos trâmites de avaliação.

OBS: Os casos não previstos nesse regulamento serão decididos por uma comissão formada pelos editores da Revista Digital do LAV e não cabendo contestação, por parte dos autores. Casos que necessitem de avaliação e decisão jurídica serão encaminhados para tal, elegendo-se a cidade de Santa Maria - RS, como sede da publicação, para este fim.

A Revista Digital do LAV considera que o Autor Responsável pelo envio do trabalho é autor de uma ou mais partes do artigo e que, perante a Revista Digital do LAV assume a responsabilidade pela concessão e nomeação exclusiva dos direitos de publicação do mesmo, como um todo e de cada uma das partes nele contidas. A Revista Digital do LAV em troca concede ao Autor Responsável pelo artigo o direito de reimpressão em qualquer livro do qual ele é Autor Responsável e/ou co-autor, apenas citando a referência de crédito formal da Revista Digital do LAV como fonte original. Para casos de discordância jurídica, fica nomeada a cidade de Santa Maria-RS como sede da publicação.

Ao enviarem trabalhos para possível publicação, os autores aceitam os termos dispostos nesse regulamento e se comprometem a cumprir o mesmo.

Endereço postal:
A/C Revista Digital do LAV
Revista Digital do Laboratório de Artes Visuais
Centro de Educação – Universidade Federal de Santa Maria
Av. Roraima, 1000
Prédio 16 – Sala 3366
Campus Universitário – Camobi – Santa Maria – RS
CEP – 97.105-900
e-mail: gepaec@gmail.com

29 setembro 2010

ARTE CONTEMPORÂNEA, AMBIENTE E EDUCAÇÃO

O módulo de outubro tratará de arte, ambiente, ecologia e afins na arte contemporânea.

Divulgação

Gratuito.
Incrições: 11 3321 4400

Parceria: AEP e Caixa Cultural São Paulo.


-------------

EM ALTO E BOM SOM


Acesse aqui.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

PARA QUE MONTAR UM INVENTÁRIO?

Inventário analítico de uma escola vai muito além de seus bens em uso. Serve de estrutura para qualquer função, atividade ou projeto, uma vez que abrange o que a escola possui de patrimônio material.

Em um ambiente onde funcionários e professores não dominam o que podem utilizar de apoio pedagógico, alcançar seus objetivos pode tornar-se muito mais difícil.

Refazer a lista de bens materiais é fundamental pois atrela passado, presente e futuro. Através do inventário é possível perceber as ansiedades de um grupo na época em que foi escrito. Isto é histórico!

Para fazer um inventário claro e verdadeiro, não basta anexar anualmente os bens adquiridos. Muitas vezes a escola passa por reformas, construções e mudanças e alguns dos seus bens acabam danificados, sem contar que aparelhos e equipamentos de diversas ordens podem ficar obsoletos e que sem o inventário permanecem lá sem destino certo.

Quando um inventário está confuso é necessário desmembrá-lo desde o início. Um exemplo é pegar o inventário analítico realizado anteriormente e perceber que existem várias numerações em chapas patrimoniais que não condizem à realidade. Ora, se lá constam oitenta e poucas cadeiras com chapas e numerações diversas, onde sentam as outras tantas crianças que frequentam a mesma escola?

Outro exemplo é verificar se existe aparelhagem eletrônica que não condiz mais à realidade ou está ultrapassada. Frente à isso, como adquirir um novo bem se no inventário consta que a escola possui quatro ou cinco iguais a ele? Para isso, o caminho é árduo e necessita que o responsável faça uma varredura minuciosa:

1) Separar os bens que não atendem mais às necessidades (inservíveis) em locais distintos aonde ninguém mexa até que - após baixa - seus destinos sejam definidos;

2) Catalogar estes itens separadamente: eletrônicos, mobiliários e outras categorias que forem necessárias;

3) Fazer levantamento do que constinua em uso (servíveis) em todos os ambientes da escola;

4) Constituir o inventário analítico do ano vigente na junção dos itens anteriores (servíveis e não servíveis).

A correria cotidiana de uma escola faz com que nos esqueçamos do que não serve mais colocando num cantinho, deixando o tempo passar e acusando a morosidade dos sistemas envolvidos para não atualizar o que deveria ser constante.

É cansativo, desgastante e o colegiado muitas vezes não valoriza, pois é trabalho invisível de extrema importância para a fluência do cotidiano escolar que acredita na importância e valorização dos bens adquiridos, sejam eles servíveis ou não.
 

Catherine Wrede, especial para ARTEDUCAÇÃO ONLINE

Catherine é professora de Educação Infantil há vinte anos na Rede Municipal de Educação. Em 2009 concorreu ao cargo de diretora substituta na EMEI Suzana Evangelina Felippe e desde então faz parte da equipe administrativa da unidade, designada como assistente de direção.
 
---------
 
ARTEDUCAÇÃO ONLINE sugere: bens inservíveis poderão ser usados nas aulas de Artes e gerar trabalhos que discutam sustentabilidade.
 
 
http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

INSTITUTO CULTURAL CRAVO ALBIN

O Instituto Cravo Albin acabou de disponibilizar online uma rádio digital.

Conheça e explore este Instituto aqui  e atente-se ao projeto "MPB nas Escolas".

Identidade visual do Instituto Cultural Cravo Albin


-------------

28 setembro 2010

ARQUIVOS DE CRIAÇÃO

Vamos? É hoje.

Divulgação

Trata-se de um programa voltado ao processo criativo em várias linguagens artísticas.

Às 19h30 os artistas Daniel Senise e Evandro Carlos Jardim falarão sobre suas obras na 29ª Bienal e no MASP, respectivamente.


Em seguida será lançado o livro "Arquivos de Criação: Arte e Curadoria" de Cecília Almeida Salles, mediadora da conversa com os artistas e consultora do programa "Redes de Criação" do Itaú Cultural.

Divulgação

Conheça "Redes de Criação" aqui.

-------------

REVISTA NOVA ESCOLA CONVIDA: SEMANA DA EDUCAÇÃO 2010

Vamos? Ainda há tempo para se inscrever e participar.



Conheça o programa internacional aqui.


-------------

5ª BIENAL DE GRAVURA DE SANTO ANDRÉ

Inscrições abertas.

Divulgação


-------------

27 setembro 2010

29ª BIENAL: ROBERTO JACOBY

O trabalho do artista argentino está coberto com papel craft e fita crepe porque foi acusado de fazer campanha política em local que envolve verba pública. O manifesto comentado no vídeo (este foi gravado no início do tumulto que encerrou o primeiro dia de visitação pública) você já sabe qual é: a pichação da obra de Nuno Ramos.

Assista:


Vídeo: Arteducação Produções para Arteducação Online


-------------

29ª BIENAL: GIL VICENTE

A Fundação Bienal recebeu uma solicitação da OAB para que os trabalhos do artista pernambucano sejam retirados da exposição.

Assista:
Vídeo: Arteducação Produções para Arteducação Online


-------------

CANAL AEOL

AEOL / ARTEDUCAÇÃO ONLINE agora tem um canal no youtube.

Assista aos primeiros vídeos:

http://www.youtube.com/user/ARTEDUCACAOONLINE


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

25 setembro 2010

29ª BIENAL É PICHADA NO PRIMEIRO DIA

O público presente foi convidado a se retirar há pouco do Pavilhão da Bienal no Ibirapuera porque manifestantes picharam a obra de Nuno Ramos pedindo a libertação dos urubus.


Vídeo: Arteducação Produções para Arteducação Online


Vídeo: Arteducação Produções para Arteducação Online

Vídeo: Arteducação Produções para Arteducação Online

Carcará por Maria Bethânia


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

24 setembro 2010

GUERRA E HISTÓRIA NA USP

O Departamento de História da USP convida para o Simpósio "Guerra e História" que acontecerá nos Anfiteatros das Faculdades de História (AH) e de Geografia (AG).

Divulgação

Trata-se de um dos ciclos de conferências mais aguardados do semestre e que poderá contribuir bastante com contextos históricos para as artes.

PROGRAMA
28 de setembro (terça-feira)
10h00 - (AH) - Conferência Inaugural: “GUERRA JUSTA” E CONSTITUCIONALISMO EUROPEU
Mario Fiorillo (Università di Teramo).

14h00 - (AH) - A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL E A AMÉRICA LATINA
Roney Cytrynowicz, Maria Helena Capelato, Rodrigo Medina Zagni, Alfredo Salun.

14h00 - (AG) - PAZ E VIOLÊNCIA NA IDADE MÉDIA
Marcelo Cândido da Silva, Neri de Barros Almeida, Maria Cristina Pereira, André Pereira Miatello.

17h00 - (AH) - GUERRAS NA ERA MODERNA E ESPAÇO MUNDIAL
Henrique Carneiro, Rodrigo Ricupero, Pedro Puntoni, Marco Antonio Silveira.

17h00 - (AG) - A GUERRA CIVIL AMERICANA E OS EUA DE HOJE
Leandro Karnal, Everaldo Andrade, Jorge Grespan, Maria Helena P. T. Machado.

19h30 - (AH) - GUERRAS PÓS-COLONIAIS NA ÁFRICA SUBSAARIANA
Kabenguelé Munanga, Raphael Bicudo, Leila Hernandez, Marina Gusmão de Mendonça, Valério Arcary.

19h30 - (AG) - GUERRA MUNDIAL E HOLOCAUSTO ATÔMICO NO JAPÃO
Takashi Morita (sobrevivente de Hiroshima), Marcia Yumi Takeuchi, Nadia Saito, Fernanda Torres Magalhães.

29 de setembro (quarta-feira)
10h00 - (AH) - GUERRA FRIA E ECONOMIA ARMAMENTISTA
Gilson Dantas, Angelo Segrillo, Pablo Rieznik, Joaquim Racy.

10h00 - (AG) - CAPITALISMO AMERICANO E ECONOMIA DE GUERRA
Vitor Schincariol, Osvaldo Coggiola, José Menezes Gomes, Eduardo Perillo, Luiz E. Simões de Souza.

14h00 - (AH) - GUERRA, GEOGRAFIA, GEOPOLÍTICA
Leonel Itaussu A. Mello, Wanderley M. da Costa, André Martin, Antonio Carlos Robert de Moraes.

14h00 - (AG) - PAZ E GUERRA NO IMPÉRIO PORTUGUÊS
Ana Paula Torres Megiani, Márcia Berbel, Iris Kantor, Vera Ferlini.

17h00 - (AH) - GUERRAS MUNDIAIS E GENOCÍDIOS
Samuel Feldberg, Pietro Delallibera, Ania Cavalcante, Heitor Loureiro.

17h00 - (AG) - A GUERRA DO PARAGUAI E OS ESTADOS SUL-AMERICANOS
André Toral, José Aparecido Rolón, Gilberto Maringoni, João Paulo Garrido Pimenta.

19h30 - (AH) - GUERRA DE GUERRILHAS E DITADURA MILITAR NO BRASIL
Ivan Seixas, Carlos Eugenio Clemente, Antonio Roberto Espinosa, Arthur Scavone, Wilson N. Barbosa.

19h30 - (AG) - GUERRA E REVOLUÇÃO NA FRANÇA JACOBINA
Carlos Guilherme Mota, Priscila Correa, Miguel Nanni, Modesto Florenzano.

30 de setembro (quinta-feira)
10h00 - (AH) - GUERRA E CINEMA
Marcos A. Silva, Wagner Pinheiro Pereira, Maurício Cardoso, Alexandre Hecker.

10h00 - (AG) - A GUERRA CIVIL ESPANHOLA: CLASSES, POLÍTICA, LITERATURA
Francisco Palomanes, Valeria De Marco, Antonio Rago.

14h00 - (AH) - GUERRAS DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (África Portuguesa, Oriente Médio, África do Norte)
Lincoln Secco, Arlene Clemesha, Marcos Napolitano, José Arbex.

14h00 - (AG) - GUERRA NOS BÁLCÃS E PARTIÇÃO DA IUGOSLÁVIA
Tibor Rabóczai, Zeljko Loparic, Aleksandar Jovanovic, João Zanetic.

17h00 - (AH) - GUERRA TENENTISTA E INSURREIÇÃO COMUNISTA NO BRASIL
Marly Gomes Vianna, Paulo Cunha, Yuri Costa, Pedro Pomar.

17h00 - (AG) - GUERRAS DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (Vietnã e Indochina, China, Cuba)
José R. Mao Jr, Sean Purdy, Antonio Gouvea, Silvia Miskulin.

19h30 - (AH) - GUERRAS DE HOJE, IMPERIALISMO, TERRORISMO
Jorge Altamira, Plínio de Arruda Sampaio Jr, Paulo Arantes, Peter Demant.

19h30 - (AG) - GUERRAS NA AMÉRICA DO SUL NO SÉCULO XIX
Manoel Fernandes Souza Neto, Airton  Cavenaghi, Márcio Bobik, Horacio Gutiérrez


Comissão Organizadora: Osvaldo Coggiola, Vera Ferlini (Cátedra Jaime Cortesão), Maria Cristina Cacciamali (Prolam-USP), Jorge Grespan, Lincoln Secco e Rodrigo Ricupero.


Inscrições: Cátedra Jaime Cortesão (11 3091 1511), Prolam-USP (11 3091 3589) ou pelo e-mail www.fflch.usp.br/dh/guerra.


Entrada Franca.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

EM CASA

Exposição em um apartamento.

Vamos?
Divulgação


-----------

SÃO COSME E DAMIÃO

Vamos?

Divulgação


-------------

2º SALÃO DOS ARTISTAS SEM GALERIA

Inscrições até 12 de novembro de 2010.

Acesse o regulamento aqui.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

23 setembro 2010

CULTURA VISUAL

Neste sábado se repetirá pela última vez o encontro sobre "Cultura Visual" na série "Arte Contemporânea e Educação".

Divulgação

Mais uma parceria AEP e Caixa Cultural.

O acesso é fácil e as inscrições também: Praça da Sé, 111, (11) 3321-4400

Gratuito.


O módulo de outubro será sobre "Arte e Ambiente". Aguarde as informações.

http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

HAVANA < > VALPARAISO

Vamos?

Divulgação


--------------

DIÁLOGOS COM JEAN PLANTU

Atenção amantes da charge e do cartoon.

Vamos?
Divulgação


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

FAYGA OSTROWER E A EDUCAÇÃO

Vamos ao Rio de Janeiro?

Divulgação


-------------

22 setembro 2010

TEMPORADA DE PROJETOS PAÇO DAS ARTES 2011

Divulgação

A Temporada de Projetos é um espaço dedicado à produção artística, curatorial e crítica emergente. Antes bienal, o programa se tornou anual em 2009, quando também passou a oferecer ajuda de custo aos artistas e curadores participantes.

Além disso, conta com a publicação de catálogo bilíngue que reúne imagens e textos críticos dos dez projetos apresentados ao longo do ano.

Em 2011 serão realizadas nove exposições individuais em espaço coletivo e um projeto de curadoria selecionados entre os inscritos no edital. Paralelamente, estão previstas no programa mostras de artistas convidados.

Inscrições até 15 de outubro de 2010.

Acesse aqui o regulamento.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

PARALELA 2010

Divulgação

O e-flyer acima indica palestras e workshops que ainda não temos informações. Entramos em contato com os organizadores da "Paralela 2010" e assim que soubermos divulgaremos aqui, no ARTEDUCAÇÃO ONLINE.

José Minerini
editor
-------------

BIENAL NOS CEUS

A Fundação Bienal de São Paulo e a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo desenvolveram o projeto "Bienal nos CEUs" que levará aos "Centros Educacionais Unificados" obras de videoarte realizadas por artistas que participam da 29ª Bienal.

Paralelamente a esta programação, a curadoria educativa de Stela Barbieri na 29ª Bienal fornecerá curso de formação aos professores dos CEUs e de outras instituições, para que assim possam instigar leituras e preparar estudantes que visitarão a exposição no Pavilhão da Bienal.

CEU Jambeiro dia 28/9 das 9h às 11h30.
Endereço: Av. Flores do Jambeiro, s/n – Jardim Moreno, São Paulo.

Inscrições aqui ou 11 5576 7611

ARTEDUCAÇÃO ONLINE pergunta: O que se entende por preparar estudantes para visitar uma exposição?


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

ARTE CONTEMPORÂNEA ÁFRICA

Vamos?

Divulgação


-------------

VESTIR-SE COM ARTE

Vamos? Começou ontem.

Divulgação

Aliás, você conhece o livro abaixo?

Imagem: Imprensa Oficial

Veja aqui.


Adendo: Gilda de Mello e Souza foi questionada em 1950 quando resolveu pesquisar sobre moda e indumentária e hoje sabemos o quanto a moda é discutida em meios acadêmicos. Saiba mais sobre a pesquisa de Gilda.


-------------

21 setembro 2010

FAST FOWARD - ARTE CONTEMPORÂNEA BRITÂNICA NO BRASIL

Mais uma exposição internacional em São Paulo nessa semana. Agora com artistas consagrados na Inglaterra e destaques da Young British Generation.

-    Gerard Hemsworth    -    Michael Cragg-Martin    -    Tony Cragg    -    Tracey Emin    -    Anish Kapoor    -    -    Damien Hirst    -    Grayson Perry    -    Rachel Whiteread    -

Assista abaixo o Embaixador do Reino Unido para o Brasil Alan Charlton falando sobre a exposição "Fast: Foward" e o hábito de frequentar museus e exposições.


Centro Britânico Brasileiro, a partir de hoje.
Rua Ferreira de Araújo, nº 741, Pinheiro, São Paulo.
De segunda a sexta-feira: das 10 às 19 horas; sábado, domingo e feriados: das 10 às 16 horas.
Informações: 11 3039 4466 ou 11 38194120

Visitas com educadores apenas às sextas, sábados e domingos.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

MULHERES ARTISTAS AMÉRICA LATINA

Enquanto preparamos a série "Mulheres Artistas Brasil", conheça proposta da TV Escola para atividades sobre Mulheres Artistas da América Latina.

"Autorretrato" da mexicana Maria Izquierdo (1902-1955)

A imagem acima lembra Frida Kahlo/Diego Rivera?

Não é! Trata-se de Maria Izquierdo/Rufino Tamayo.

Conheça pinturas da artista:


Izquierdo se relaciona com a proposta "Mulheres Artistas da América Latina" desenvolvida por Denise Mendes, Ana Calzavara e Denise Rockenbach Nery para a TV Escola.

Prepare-se para conhecer um projeto interdisciplinar que - por ser lindo e consistente - poderá alterar o planejamento de suas atividades. Acesse aqui.

Como alterações em planejamento são sempre delicadas, que tal começar a pensar seus projetos para 2011?


www.arteducacaoproducoes.com.br/
------

CIRCUITO OFF BIENAL: CASA DA XICLET

Xiclet (Adriana Matos Alves Duarte) em seu projeto de galeria-casa-obra abriu na semana passada a exposição "Bienal My Ass". A galerista/artista/produtora/agitadora cultural vem trabalhando com vários artistas que se consagraram no circuito graças à iniciativa de abrir sua casa para as artes.

Imagem: Casa da Xiclet

Casa da Xiclet
Rua Fradique Coutinho, 1855, Vila Madalena
Quarta a sexta das 14:00 às 20:00
Sábados, domingos e feriados das 14:00 às 18:00

Uma das vencedoras do Programa Brasil Arte Contemporânea, Xiclet participará nesta semana da Feira Ch.ACO no Chile.

Imagem: Casa da Xiclet

Acompanhe o trabalho de Xiclet aqui.
 
 
http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

20 setembro 2010

MAX BILL E SEUS ALUNOS: MAVIGNIER E WOLLNER

Em função da abertura da 29ª Bienal, essa semana está repleta de novas exposições.

A Dan Galeria inaugura hoje uma de peso dedicada a Max Bill e a seus alunos na Escola de ULM: Almir Mavignier e Alexandre Wollner.

Imagem: Dan Galeria


Antes mesmo da abertura o catálogo já está disponível para download. Acesse aqui.


-------------

29ª BIENAL: PROGRAMAÇÃO DOS ATELIÊS AOS FINAIS DE SEMANA

ACESSE A PROGRAMAÇÃO ATUALIZADA AQUI.

Estão abertas as incrições para as primeiras atividades que acontecerão nos ateliês da 29ª Bienal.

Programe-se:
Setembro
25 (sábado), 14h00 às 17h00
Arturo Gamero
Oficina reflexiva sobre educação e filosofia.

26 (domingo), das 14h00 às 17h00
Henry Grazioli
A arte do vídeo na palma da mão: linguagem audiovisual com mídias móveis na prática.

26 (domingo), das 14h00 às 17h00
Inaê Coutinho
Oficina de fotografia.

Outubro
02 (sábado), das 14h00 às 17h00
Sandra Cinto
Oficina prática de artes visuais.

03 (domingo), das 14h00 às 17h00
Gargantua
Oficina de experimentação e construção de brinquedos ópticos.

Imagem: 29ª Bienal de São Paulo


As inscrições estão disponíveis aqui mas acusam pouquíssimas e esgotadas vagas, portanto, é melhor entrar em contato pelo fone 11 5576 7611 (as incrições se normalizaram no site indicado e ainda há vagas).


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

BOLSAS PARA ARTISTAS, ESCRITORES E MÚSICOS

O Fundo Internacional para a Promoção da Cultura lançou edital para concessão de bolsas do programa UNESCO - Aschberg para Artistas, que promove residências artísticas no exterior para jovens artistas. O edital é aberto a artistas plásticos, escritores e músicos entre 25 e 35 anos de idade.

Acesse aqui a lista de bolsas para 2011 com instruções e prazos.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

ABERTURA DA BIENAL PARA PROFESSORES NÃO ESTÁ DESTACADA NA MÍDIA

Observando as notícias que estão sendo veiculadas sobre a abertura da 29ª Bienal são destacados três públicos: imprensa, convidados e público em geral. Veja:

- 20/09 - pré-abertura para imprensa
- 21/09 - abertura para imprensa e convidados
- 22, 23 e 24/09 - abertura para convidados
- 25/09 - abertura para o público

Porque não está sendo divulgada a abertura especial para nós professores?

Que se faça:
22, 23 e 24/09 - abertura para professores e convidados.
Confirme a sua presença aqui.

Nós professores agradecemos à curadoria educativa de Stela Barbieri pela delicadeza de receber-nos junto à abertura para convidados.


José Minerini
http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

18 setembro 2010

CILDO, O FILME

Divulgação

Nesta segunda-feira - 20 de setembro, às 20h00 - será exibido o documentário "Cildo" no Espaço Unibanco de Cinema da Rua Augusta. 

Em seguida haverá mesa redonda com a presença de Cildo Meireles, de Marcos Augusto Gonçalves e do diretor do documentário Gustavo Moura.

Imperdível!

Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência.
Grátis

Assista ao trailer.



-------------

29ª BIENAL: PROGRAMAÇÃO DOS TERREIROS 1

ACESSE AQUI A PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO PROFESSOR NA 29ª BIENAL.

Conforme já informamos aqui, a 29ª Bienal se estrutura ao redor de seis "Terreiros". São espaços com diversas funções que possuem programação própria organizada por Pedro França, professor do Parque Lage/RJ.

Veja abaixo o que acontecerá nestes espaços durante a primeira quinzena da Bienal e programe-se.

SÁBADO (25/setembro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
15h00
Surname Viet, Given Name Nam, Trinh T. Minh-ha, 1989.
Rouch in Reverse. Manthia Diawara, 1995.
Margem. Maya Da-Rin, 2007.

Performances
11h00 - Divisor. Lygia Pape - marquise.
11h00 - Fogueira de gelo. Paulo Bruscky - entrada da Bienal.
18h00 - Sue Tompkins - defronte aos desenhos que expõe.

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
11h00 - Crônicas do Tempo. Balé da Cidade de São Paulo e Quarteto de Cordas.
13h00 - Idem.

Terreiro "Eu Sou a Rua" (conversas/ debate)
14h00 - Antonio Macotela.
16h00 - Joseph Kosuth. VAMOS?

DOMINGO (26/setembro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
15h00
Surname Viet, Given Name Nam, Trinh T. Minh-ha, 1989.
Rouch in Reverse. Manthia Diawara, 1995.
Margem. Maya Da-Rin, 2007.

Terreiro "Eu Sou a Rua" (conversas e debates)
13h00 - Jean Plantu e Chico Caruso.
17h30 - Pedro Barateiro.

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
15h00 - Teatro Oficina, "Bailado do Deus Morto".
Encenação da peça de Flávio de Carvalho de 1933.
Direção: José Celso Martinez Corrêa
Produção: Fábio Delduque

SEGUNDA-FEIRA (27/setembro)
Performance
18h00 - Sue Tompkins - defronte aos desenhos que expõe.

Terreiro "A pele do invisível" (filmes)
10h00, 13h00 e 16h00
Ulysse.  Agnès Varda, 1982.
Sylvia Kristel - Paris. Manon de Boer, 2004.
A Letter to Uncle Boonmee. Apichatpong Weerasethakul, 2009.
66 Scenes from America. Jørgen Leth, 1982.
Parque de la Memoria - Monumento a las Víctimas del Terrorismo de Estado. Eduardo Feller, 2010.

Terreiro "Eu Sou a Rua" (conversas e debates)
17h00 - Ditadura como memória coletiva da América Latina. Nora Hochbaum, Florencia Battiti (Parque de la Memoria), Marcio Sellingman (UNICAMP) e Cecília Maria Bouças (Tortura Nunca Mais).

TERÇA-FEIRA (28/setembro)
Terreiro "A pele do invisível" (filmes)
10h30 e 15h00
Journeys from Berlin/1971. Yvonne Rainer, 1980.
Reminiscences of a Journey to Lithuania. Jonas Mekas, 1972.

Terreiro "Eu Sou a Rua" (conversas e debates)
17h00 - Debate. Jonathas de Andrade e Gabriela Salgado.

QUARTA-FEIRA (29/setembro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
9h00 e 12h00
Xarabovalha. Heloisa Buarque de Holanda.
Pátio. Glauber Rocha, 1959.
Frantz Fanon. Isaac Julien, 1996.
'Âshûrâ': This Blood Spilled in My Veins. Jalal Toufic, 2002.
16h00
Mutirão. Graziela Kunsh, obra processual.

QUINTA-FEIRA (30/setembro)
O Consulado da Holanda no Brasil apresenta uma programação de performances, palestras e filmes holandeses durante todo o dia.
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
09h15 e 13h30
Otolith Group I. Otolith Group, 2009.
Otolith Group II. Otolith Group, 2009.
Otolith Group III. Otolith Group, 2009.
Handsworth songs. Black Audio Film Collective, 1986.
Signs of Empire. Black Audio Film Collective.
Image of Nationality. Black Audio Film Collective.

SEXTA-FEIRA (01/outubro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
10h00, 14h30 e 18h20
Iluminai os Terreiros. Eduardo Climachauska, Gustavo Moura e Nuno Ramos, 2006.
New Babylon de Constant. Victor Nieuwenhuijs e Maartje Seyferth, 2005.
Brasília:  contradições de uma cidade nova. Joaquim Pedro de Andrade, 1967.
Ya es tiempo de Violencia. Enrique Juarez, 1969.
100comédia 3. Cripta Djan, 2008.
Tombée de Nuit sur Shangaï. Chantal Akerman, 2007.

SÁBADO (02/outubro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
14h00 e  18h00
Prison Images. Harun Farocki, 2000.
Baghdad in no Particular Order. Paul Chan, 2003.
Cabra Marcado para Morrer. Eduardo Coutinho, 1984.

Terreiro "Eu Sou a Rua" (conversas e debates)
16h00
Marilena Chauí conversa sobre assuntos e obras da 29ª Bienal de São Paulo.

DOMINGO (03/outubro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
13h00
Intervista. Anri Sala, 1998.
Olhar em segredo. Arthur Omar, 2009.
Double Take. Johan Grimonprez, 2009.
Projeto Mutirão. Obra processual que acontece na forma de conversas/apresentações únicas que documentam a produção coletiva de uma outra cidade.

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
18h00 - Bailado do Deus Morto. Atores do Movimento Bixigão.
Leituras dramáticas de excertos da peça de Flávio de Carvalho.

SEGUNDA-FEIRA (04/outubro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
10h15 e 14h40
Pachamama. Eryk Rocha, 2008.
Pacific. Marcelo Pedroso, 2009.
Superoutro. Edgard Navarro, 1989.

Terreiro "Eu Sou a Rua" (conversas e debates)
17h00 - Buala. Marta Lança e Marta Mestre.

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
18h00 - Bailado do Deus Morto. Atores do Movimento Bixigão.
Leituras dramáticas de excertos da peça de Flávio de Carvalho.

TERÇA-FEIRA (05/outubro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
10h15
Surname Viet, Given Name Nam. Trinh T. Minh-ha, 1989.
Rouch in Reverse. Manthia Diawara, 1995.
Margem. Maya Da-Rin, 2007.

Terreiro "A Pele do Invisível"  (eventos)
15h00 - Tape Deck Solos. Gabriel Menotti.
Série de quatro exibições comentadas em fita magnética.
A cada sessão, diferentes gêneros característicos do vídeo são examinados.

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
18h00 - Bailado do Deus Morto. Atores do Movimento Bixigão.
Leituras dramáticas de excertos da peça de Flávio de Carvalho.

QUARTA-FEIRA (06/outubro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
10h15
Thinking in Loop: Three videos on iconoclasm, ritual and immortality. Boris Groys, 2002 -2007.
Une visite au Louvre. Danièle Huillet e Jean-Marie Straub, 2004.
Out of the Presen., Andrei Ujica, 1995.

Terreiro "A Pele do Invisível" (eventos)
15h00 - Tape Deck Solos. Gabriel Menotti.
Série de quatro exibições comentadas em fita magnética.
A cada sessão, diferentes gêneros característicos do vídeo são examinados.

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
18h00 - Bailado do Deus Morto. Atores do Movimento Bixigão.
Leituras dramáticas de excertos da peça de Flávio de Carvalho.

QUINTA-FEIRA (07/outubro)
Dia todo - Glossolália. Maurício Ianês
Recepção na vizinhança de diversos terreiros durante 20 dias.

Terreiro "A Pele do Invisível" (filmes)
09h15, 11h50 e 18h00
Ulysse. Agnès Varda, 1982.
Sylvia Kristel - Paris. Manon de Boer, 2004.
A Letter to Uncle Boonmee. Apichatpong Weerasethakul, 2009.
66 Scenes from America. Jørgen Leth, 1982.
Parque de la Memoria - Monumento a las Víctimas del Terrorismo de Estado. Eduardo Feller, 2010.

Terreiro "A Pele do Invisível" (eventos)
15h00 - Tape Deck Solos. Gabriel Menotti.
Série de quatro exibições comentadas em fita magnética.
A cada sessão, diferentes gêneros característicos do vídeo são examinados.

Terreiro "Eu Sou a Rua" (conversas e debates)
18h00 - Marcius Gallan e José Augusto Ribeiro.
20h - Henrique Oliveira e Ricardo Rezende. 

SEXTA-FEIRA (08/outubro)
Terreiro "A Pele do Invisível" (eventos)
9h00, 12h00 e 18h00
Journeys from Berlin/1971. Yvonne Rainer, 1980.
Reminiscences of a Journey to Lithuania. Jonas Mekas, 1972.

Terreiro "A Pele do Invisível" (eventos)
15h00 - Tape Deck Solos. Gabriel Menotti.
Série de quatro exibições comentadas em fita magnética.
A cada sessão, diferentes gêneros característicos do vídeo são examinados.

Terreiro "O Outro, O Mesmo" (performances)
O Bailado do Deus Morto. Movimento Bixigão.
Grupo formado por atores do Teatro Oficina e jovens da comunidade do Bixiga encenam a peça de Flávio de Carvalho de 1933.
Direção: Luciana Brittes
Produção: Fábio Delduque


Em breve teremos a programação dos próximos 15 dias.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

PORTAL DA 29ª BIENAL ESTÁ ONLINE

Imagem: Portal 29ª Bienal

Acesse aqui.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

17 setembro 2010

EXPOSIÇÃO DE JARDINS

O MAM/SP está montando no Parque do Ibirapuera o "Festival de Jardins MAM" em parceria com a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente e com o Domaine-sur-Loire da França.

Por enquanto é possível observar a construção dos jardins.

Foto: José Minerini/ARTEDUCAÇÃO ONLINE

Foto: José Minerini/ARTEDUCAÇÃO ONLINE

Foto: José Minerini/ARTEDUCAÇÃO ONLINE

Foto: José Minerini/ARTEDUCAÇÃO ONLINE

O Festival terá início em 22 de setembro próximo.


www.arteducacaoproducoes.com.br/
------

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL EM PORTUGAL: EM NOME DAS ARTES OU EM NOME DOS PÚBLICOS?

Discursos, linguagens e dialetos: do mediador à mediação em arte contemporânea.

17, 18 e 19 de novembro, 15 Euros
Fundação Caixa Geral de Depósitos - Culturgest
Edifício Sede da Caixa Geral de Depósitos
Rua Arco do Cego, Piso 1, Pequeno Auditório e Sala 6
Lisboa
Informações e inscrições: Serviço Educativo, 21 761 90 78 ou culturgest.servicoeducativo@cgd.pt

Que formas de relação com os públicos e que estratégias de mediação se configuram dentro dos museus e centros de arte contemporânea nos dias de hoje?

Públicos, artistas e mediadores revêem-se nessas estratégias de mediação?

Que novas formas de mediação desejamos para os espaços que apresentam arte contemporânea no século XXI?

Este ciclo de três dias de conferências dará voz a artistas, professores universitários, mediadores, curadores, assessores de serviços educativos e curadores pedagógicos de bienais e de eventos internacionais de arte contemporânea. Partindo dos seus discursos próprios, tentaremos analisar alguns dos paradoxos levantados pela apresentação pública da arte contemporânea.

Em que moldes se acompanha a acção do espectador sobre a recepção da arte contemporânea? A acção do espectador frente ao objecto artístico é descomprometida e livre ou pede a acção de um mediador? Será neutra a acção do mediador?

Necessitam os públicos da arte contemporânea de mediadores?

Na era da emancipação dos serviços educativos de museus e centros de arte não pretendemos discutir a sua implementação ou a sua importância, bem visível, a nível nacional e internacional mas antes discutir as problemáticas e os paradoxos que as práticas de mediação cultural vieram trazer.

PROGRAMA

17/11 - PANORAMA NACIONAL
9h45 Abertura
10h00-11h30 Sessões de reflexão
Elvira Leite Professora - consultora do Serviço Educativo da Fundação de Serralves
João Pedro Fróis - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa

11h50-13h20 Sessões de reflexão
Helena Marujo - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa
Sara Bahia - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa

14h30 Sessão de debate
Maria Teresa Cruz - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Pedro Lapa - Curador da exposição ‘Linguagem e Experiência, Obras da Colecção da Caixa Geral de Depósitos, Director do Museu do Chiado de 2000 a 2010

16h20
Sala A – Optimismo e capacidades de gestão no trabalho em equipas criativas
Helena Marujo - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa
Sala B – O paradoxo da avaliação da criatividade
Sara Bahia - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa

18/11 - PANORAMA INTERNACIONAL
10h00-11h30 Sessões de reflexão
Maria Acaso Lopez-Bosch - Universidade Complutense de Madrid
Rufino Ferreras - Área de Investigação e Extensão Educativa do Museu Thyssen-Bornemisza, Educathyssen
Conferências em espanhol, sem tradução

11h50-13h20 Sessões de reflexão
Nora Landkammer - Projecto Educativo da XII Documenta de Kassel, Faculdade de Artes da Universidade de Zurique
Jane Sillis - Engage, National Association for Gallery Education
Conferência em inglês, sem tradução

14h30 Sessão de debate
João Pedro Fróis - Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa
João Queiroz - Artista plástico com exposição patente nas Galerias 1 e 2 da Culturgest

16h20
Sala A – Alguns esclarecimentos sobre as condições laborais dos mediadores culturais
Com o apoio do grupo FERVE
Sala B – Precisamos de uma rede de mediadores culturais em Portugal? Como a pôr de pé? E como são as dos outros países?
Com o apoio de Jane Sillis Engage - National Association for Gallery Education e de Rejane Coutinho - Universidade Estadual Paulista
Em inglês e português, sem tradução

19/11 -  UM NOVO PANORAMA? O PANORAMA BRASILEIRO
10h00-12h30 Sessões de reflexão
Ana Mae Barbosa - Instituto Superior de Comunicação Publicitária da Universidade Anhembi Morumbi
Mário de Souza Chagas - Centro de Ciências Humanas da Escola de Museologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro

14h30-16h45 Sessões de reflexão
Rejane Coutinho - Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista, Arteducação Produções
Mônica Hoff - Projecto pedagógico da 7ª Bienal do Mercosul, Fundação Bienal do Mercosul

17h00 Arte-Educação, Educação pela Arte, ou Educação para a Arte?
Lucília Valente - Departamento de Artes Cénicas da Universidade de Évora

18h15 Sessão de encerramento
Um mundo escutador – práticas de mediação cultural no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Porto Alegre (convocatória de ajudas à mobilidade. Organização dos Estados Iberoamericanos).
Raquel Ribeiro dos Santos - Serviço Educativo da Culturgest

* Os inscritos poderão escolher uma das sessões anunciadas.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

16 setembro 2010

8ª BIENAL DO MERCOSUL: PABLO HELGUERA É O CURADOR PEDAGÓGICO

O curador geral da 8ª Bienal do Mercosul, José Roca, divulgou os nomes que integram sua equipe. 

Pablo Helguera (México) que atua no MoMA/NY responderá pela curadoria pedagógica.

Alexia Tala (Chile), Cauê Alves (Brasil) e Paola Santoscoy (México) serão curadores adjuntos.

Fernanda Albuquerque (Brasil) é a curadora assistente.

A proposta para a 8ª Bienal abordará a territorialidade a partir das perspectivas geográfica, política e cultural, compreendendo noções de localidade, território, mapeamento e fronteira, o Mercosul como construção geopolítica, as organizações supranacionais de região e a cidade de Porto Alegre como lugar a ser descoberto e ativado através da arte.

Esta temática será aplicada em exposições e outras estratégias de ativação, além de permear o Projeto Pedagógico.

Em breve serão definidas as ações educativas e a data para a apresentação pública do projeto curatorial completo.

Informações publicadas em www.bienalmercosul.art.br/


www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------

1ª BIENAL INTERNACIONAL GRAFFITI FINE ART

Começou no dia 3 de setembro e irá até 3 de outubro no MUBE.

Além de artistas pintando no decorrer da mostra e exibição de fotografias, ocorrem também ciclo de cinema e palestras.

Divulgação

Palestras previstas:

18/09 - 15h30: Grafite e Urbanismo
Paulo Mendes da Rocha, Vera Pallamin e Zezão
Mediador: Tinho

25/09 - 15h30: Grafite e Social
Gilberto Dimenstein (Associação Aprendiz), Auro Soares (Projeto Quixote), Sergio Franco (sociólogo - USP), Mauro, Matheus Santana
Mediador: Sergio Poato

01/10 - 19h30: Grafite e Hip Hop
Mr. Fé, DJ HUM, Emicida e Binho

02/10 - 15h30: Grafite e História
Chandra Morrison (pesquisadora PNUD), Sergio Poato (IP USP), Celso Gitahy (artista), Daisy Peccinini e Tinho (artista)
Mediador: Sergio Franco

ATENÇAO: A palestra com Miguel Chaia (PUC - SP) Marcia Fortes (Galeria Fortes Vilaça) e Baixo Ribeiro (Galeria Choque Cultural) que deveria ter acontecido no dia 11/09 foi adiada e a nova data ainda não foi divulgada.

Anote:
MUBE - Museu Brasileiro de Escultura
Av. Europa, 218 - São Paulo/SP

Terça a domingo, 10h00 às 19h00
11 2594-2601


Acompanhe a programação aqui.

www.arteducacaoproducoes.com.br/
------

LABORATÓRIO DE MEDIAÇÃO IA-UNESP

CONEXÕES – Encontros com Educadores: temas independentes que se articulam com a questão da mediação da arte, da cultura e da educação.

Próximo encontro:
25 (sábado), das 14h00 às 17h00

Inscrições gratuitas: labmediacao@ia.unesp.br

Instituto de Artes da UNESP – Campus São Paulo
Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271, Barra Funda, São Paulo
(em frente ao Terminal Rodoviário da Barra Funda, do lado da Avenida Marquês de São Vicente)


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

15 setembro 2010

Divulgação


-------------


TWITANDO ENQUANTO A PRIMAVERA NÃO CHEGA

Saiba tudo o que publicamos imediatamente:
https://twitter.com/arteducaonline

"Vê, estão voltando as flores"
Paulo Soledade




http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

JOSEPH BEUYS EM SÃO PAULO E EM SALVADOR

Amanhã terá início uma das exposições mais esperadas do ano: "Joseph Beuys, A Revolução Somos Nós".

A mostra ficará em cartaz no SESC Pompeia/São Paulo até 28 de novembro e poderá ser vista também no MAM de Salvador a partir de 13 de dezembro.

Imagem: SESC/SP

O programa educativo da exposição em São Paulo é coordenado por Valquíria Prates - parceira do AEP em vários trabalhos - e está repleto de atividades para público dos mais variados: seminário, minicursos práticos e teóricos, aulas abertas, formação de professores e ateliês para crianças com a participação de artistas-professores, pensadores-professores, curadores-professores e educadores-professores.

Leia o convite que Valquíria nos enviou:
"Nesta semana, recomendo a aula que ocorrerá quinta-feira com o curador da exposição, Antonio D'Avossa."

Alguns integrantes do AEP assistiram a primeira palestra que D'Avossa proferiu em São Paulo e ficaram encantados com o envolvimento do curador no universo de Beuys.

Neste sábado tem plantio de árvore e seminário internacional para abrir as atividades educativas da exposição. Imperdível!

Saiba tudo aqui.


Se você conhece pouco sobre um dos mais respeitados artistas do século XX, clique aqui.


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

2º SEMINÁRIO INTERNACIONAL MUSEOGRAFIA E ARQUITETURA DE MUSEUS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

Museografia e Arquitetura de Museus: Identidades e Comunicação

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Programa de Pós-Graduação em Arquitetura
Grupo de Estudos de Arquitetura de Museus

O 2º Seminário Museografia e Arquitetura de Museus: Identidades e Comunicação dá continuidade aos seguintes encontros de profissionais e estudiosos da Museologia, História, Arquitetura e Urbanismo organizados pelo Grupo de Estudos de Arquitetura de Museus do PROARQ/UFRJ: Seminário Museus, Arquitetura e Reabilitação Urbana, Seminário Museus & Cidades; 1º Seminário Internacional Museografia e Arquitetura de Museus; e o Seminário e Exposição Salão de 1931: diferenças em processo.

O 2º Seminário Internacional Museografia e Arquitetura de Museus: Identidades e Comunicação, objeto desta CHAMADA DE TRABALHOS, abordará a relação da Museologia com a Arquitetura e o Patrimônio, observando as temáticas que conectam estes campos disciplinares à História, Comunicação, Artes, Geografia, Sociologia, Antropologia, Educação, Economia, Administração e Turismo.

O Seminário, de caráter Internacional, será realizado de 16 a 19 de novembro de 2010 no Forum de Ciência e Cultura da UFRJ na Praia Vermelha.

A abrangência das perspectivas tecnológicas atuais faz com que o foco central do 2º Seminário Internacional Museografia e Arquitetura de Museus, priorize os subtemas Identidade e Comunicação, destacando que a arquitetura dos edifícios de museus e a museografia são devidas à função social e ao uso de espaços históricos e modernos, que são públicos e institucionais. Neste sentido, os trabalhos a serem apresentados no Seminário poderão abordar os diferentes tipos de projetos e os diversos aspectos das origens, criação, gerenciamento e promoção das ações dessas instituições na atualidade.

O 2º Seminário Internacional Museografia e Arquitetura de Museus: Identidades e Comunicação, portanto, destina-se a estudantes de graduação e pós, profissionais, estudiosos e pesquisadores das diferentes áreas de conhecimento que são afins aos campos arquitetônico e museológico.

A coordenação e organização do 2º Seminário caberão ao Grupo de Estudos de Arquitetura de Museus do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura - PROARQ da Universidade Federal do Rio de Janeiro, em parceria com outras instituições de ensino e de cultura.

Ao considerar os objetivos acadêmicos do PROARQ e da FAU/UFRJ, os quais aliam ensino, pesquisa e atividades de extensão, e integram os níveis de graduação e pós-graduação, o 2º Seminário Internacional Museografia e Arquitetura de Museus será desenvolvido em três dias por meio de palestras e mesas redondas e sessões de comunicação com apresentações orais e apresentações na forma de pôsteres.

EIXOS TEMÁTICOS
Nas mesas redondas, sessões de comunicações e apresentações de pôsteres do 2º Seminário Museografia e Arquitetura de Museus, os temas sobre os quais serão discutidas a articulação e a importância do patrimônio museal e das possibilidades comunicacionais da arquitetura e da museografia serão os seguintes:

I. A cidade e o discurso dos museus: Cultura, Identidade e Patrimônio;
II . As perspectivas didáticas e comunicativas na Museografia;
III . Adequação funcional e eficiência energética em edifícios de museus.

APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS PARA SELEÇÃO - FORMATO
a) Definições gerais
O artigo completo deverá ser entregue em formato padrão Word 97-2003; deverá ser utilizada a Língua Portuguesa no corpo do trabalho, e o inglês, francês ou espanhol no resumo; o trabalho deverá ser em formato A4, com o máximo de 15 páginas e o mínimo de 10 páginas.
A primeira página deverá conter o nome e o título do artigo e as referências do(s) autor(es).
Obs. Deverão ser retiradas do artigo todas as informações que possam identificar o(s) autor(es) tendo em vista que a avaliação será realizada de modo “cego”. No lugar dessas informações deverá constar “informação a ser reposta após a avaliação”.

b) Detalhes da formatação do artigo
Formato A4; Alinhamento justificado; Letra Arial 11, cor preta; espaçamento entre linhas de 1,5;
espaçamento entre parágrafos de 6 pontos; recuo de margens superior e inferior de 2,5 cm, direita 2,5 cm, e esquerda 3 cm.
O título deverá ser em negrito em Arial 14, alinhado à esquerda; os subtítulos deverão ser em negrito, Arial 11, justificados, e se necessário, enumerados.
As imagens devem ser inseridas ao longo e de acordo com o texto e devidamente legendadas; os quadros serão legendados e numerados como “quadros”; no corpo do texto deverá existir referência para as imagens e quadros apresentados, com a designação (fig. x) ou (quadro x); as imagens serão em preto e branco, arquivo JPEG ou TIFF e resolução mínima de 300 dpi e deverão ser enviadas em arquivo separado, caso o artigo seja selecionado para publicação; as referências das citações deverão ser inseridas sob a forma de notas de rodapé em Arial 9.

Obs. Para efeitos de legendagem entende-se como sendo figuras todas as representações do tipo de diagramas, gráficos, fotografias, desenhos, gravuras e outras similares.

c) Bibliografia
Todas as obras citadas ou referenciadas no texto deverão ser compiladas no final do artigo, por ordem alfabética do sobrenome dos autores, segundo as normas da ABNT.

Os trabalhos completos para seleção devem ser enviados para o e-mail: seminarioarquiteturamuseus2010@gmail.com

CALENDÁRIO
20 de setembro de 2010 - data limite para envio dos trabalhos;
27 de setembro de 2010 - data limite para o aceite dos trabalhos com os pareceres dos avaliadores;
4 de outubro de 2010 - data limite para o aceite definitivo dos trabalhos;
11 de outubro de 2010 - data limite para realização da inscrição com envio do comprovante.

INSCRIÇÕES
Até 11 de Outubro de 2010.

Valor da inscrição:
Participante profissional: R$ 200,00 (duzentos reais)
Participante docente: R$ 120,00 (cento e vinte reais)
Participante docente sócio da AEAULP: R$ 100,00 (cem reais)
Participante discente: R$ 50,00 (cinqüenta reais)

COMISSÃO ORGANIZADORA
Cêça Guimaraens, coordenadora
Ana Albano Amora; Luiz Manoel Gazzaneo; Maria das Graças Ferreira; Hilton Berredo; Tamar Firer; e Mayara Maia Corrêa


http://www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------------

14 setembro 2010

CULTURA VISUAL: LES RITA MITSOUKO

Falamos na semana passada sobre o novíssimo clipe "Plastic People" de Anane.

O clipe abaixo é de 1987 e perceba quanto a televisão está presente nele também.

Assista:


Todos sabemos que vídeo clipe em si carrega reflexões sobre arte, que a cultura visual é assunto que nossos alunos frequentemente trazem para a escola e que a televisão é forte influência estética para muitos. Quais relações podemos estabelecer com o clipe acima?

Marcel Marceau, anos 20, Coco Chanel, Louise Brooks... faça suas pesquisas, prepare aulas e atividades.

Vamos pensar: As informações estéticas veiculadas pela televisão e a cultura visual são aliadas das aulas de artes?

***

Venha discutir Cultura Visual conosco na Caixa Cultural.

Nesta quarta-feira, 15/09 a partir das 14h00 será repetido o encontro sobre "Cultura Visual" no projeto "Arte Contemporânea e Educação".

Divulgação

Mais uma parceria AEP e Caixa Cultural São Paulo.
Inscrições gratuitas e acesso fácil: Praça da Sé, 111, 3321 4400

------

MULHERES ARTISTAS SÃO MUITAS

Durante a brevíssima pesquisa realizada na série "Mulheres Artistas" do ARTEDUCAÇÃO ONLINE, reafirmou-se o que já sabíamos: elas estão presentes no decorrer dos tempos e pouco figuram na historiografia da arte.

Tentamos de algum modo apresentá-las e reconhecê-las no panorama da arte. Entretanto, sabemos que muitas não foram contempladas e indicamos o site abaixo para que as pesquisas continuem e - se lhes interessar -enviem-nos suas descobertas que publicaremos com os devidos créditos.

Site indicado: http://www.wendy.com/women/artists.html

Nosso contato: arteducacaoonline@gmail.com


Identidade visual de www.wendy.com


José Minerini
editor do ARTEDUCAÇÃO ONLINE
www.arteducacaoproducoes.com.br/
-------